logo.png
jem-logo.png
medmais.png
logo-pilar.png
Boxter-vetor-11-977x1024.png
buh-camisa.png
hiplan.png
Logo SportBetBRasil (1).png

ARENA INAMAR

Av. Nossa Senhora dos Navegantes,1522

Jardim Inamar - Diadema/SP

DEPARTAMENTO AMADOR

Rua Djalma Barroso da Costa, 154

Jardim Inamar - Diadema/SP

DEPARTAMENTO PROFISSIONAL

Rua Polux, 66

Jardim Inamar - Diadema/SP

SITE OFICIAL

ESPORTE CLUBE ÁGUA SANTA

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2018

Inter vem crescendo na competição e vai ser um grande jogo, avalia Giovanni

Um dos mais experientes atletas do Água Santa, com 33 anos e vários títulos no currículo, entre eles, a Copa Libertadores de 2013, pelo Atlético-MG, o goleiro Giovanni está invicto na meta do Netuno. Ele assumiu a titularidade na vitória por 1 a 0 contra a Ferroviária, na quinta rodada do Paulistão, e não saiu mais. Desde então, foram dois empates (Botafogo e Guarani) e uma vitória (Corinthians). Esta série invicta tirou a equipe de Diadema da lanterna da competição e a colocou na zona de classificação para as quartas de final.

 

Atualmente com nove pontos, o Água Santa ocupa a segunda colocação do Grupo A - atrás do Santos. Próxima adversária do Netuno, a Inter de Limeira possui a mesma pontuação, porém, não se classificaria à segunda fase do Estadual, já que, hoje, está atrás de Mirassol e São Paulo no Grupo C. Netuno e Inter se enfrentam no domingo (08 de março), às 11h, na Arena Inamar. 

 

Para Giovanni, será um grande duelo, pois os dois times estão crescendo no torneio. "A Inter é uma equipe que espera para sair nos contra-ataques. Nós temos estudado bastante os nossos adversários. É um time que vem crescendo na competição, como a gente, e vai ser um grande um jogo. Vamos em busca dos três pontos para tentar a classificação", avaliou. 

 

O goleiro também comentou sobre as duas grandes defesas que fez diante do Guarani, na última sexta-feira, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Foram duas intervenções cirúrgicas - uma em cada tempo. Na primeira, ele evitou o gol do time de Campinas com o pé. Depois, salvou ao espalmar uma bola à queima-roupa. 

 

"Foram duas situações de jogo e de velocidade de reação. Algo que trabalhamos bastante nos treinos. Em um lance, a bola passou por baixo das pernas do nosso zagueiro e tive que reagir rápido. Foi uma bola forte e defendi com o pé. No outro lance, foi um chute à queima-roupa. Tive que esperar um pouco. Geralmente, a gente decide um canto, mas fui feliz e fiz a defesa", analisou. 

 

Giovanni dividiu os méritos nos lances com o preparador de goleiros do Água Santa, Felipe Silva. "Graças a Deus, o professor Felipe tem me preparado muito bem para as partidas. Vem fazendo um ótimo trabalho, não só comigo, mas com todos os goleiros. E isso é o fruto de um trabalho não só nosso, mas dele também. Não posso ser egoísta e deixar de dar os méritos para ele, que, semana após semana, vem trabalhando forte e trazendo coisas novas nos treinamentos", concluiu.

Compartilhe
RT
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social