top of page

Preparação física do elenco chega a estágio final: "melhor nível da equipe"

O preparador físico, Caio Gilli, explicou a evolução física do elenco para disputa do Paulistão


A equipe do Netuno chegou ao estágio final de preparação para disputa do Paulistão 2023. Foram quase dois meses de concentração e pré-temporada para acertar o time na disputa pelo Campeonato Estadual. Além da parte técnica e tática comandada pelo técnico Thiago Carpini, o preparador físico Caio Gilli também tem parte importante na evolução física do grupo.

(Leonardo Vallejo/E.C Água Santa)


Em entrevista exclusiva para TV Netuno, o profissional falou um pouco sobre como foi esse processo evolutivo na parte física: "Podemos considerar que todo período preparatório foi satisfatório. É comum no futebol encontrar grupos heterogêneos, e aqui no Água Santa não foi diferente", disse o profissional.


"Começamos no dia 16 de novembro com 13 atletas, com cenários de nível de competição diferentes e com períodos de férias diferentes também. Então isso foi uma situação que tivemos de ter uma atenção maior. O trabalho foi pra igualar a carga entre eles e andar da melhor maneira possível com as capacidades físicas", completou.


O preparador físico falou também sobre o tempo de trabalho envolvendo este setor. Foram oito semanas de pré-temporada completadas por esse primeiro grupo de atletas. O restante do grupo que se apresentou em dezembro, completou cinco semanas de trabalho. Na visão de Caio, o tempo está adequado: "Para o treinamento desportivo, é um período suficiente pra atingir as capacidades físicas necessárias", falou o membro da comissão técnica.


(Leonardo Vallejo/E.C Água Santa)


Com passagens por Guarani, Santo André e Ponte Preta, onde permaneceu por quase 10 anos, o preparador comentou sobre a metodologia de trabalho: "Realizamos o desenvolvimento das capacidades físicas de maneira integrada, ou seja, junto com o trabalho do Carpini. Então tentamos mexer o máximo possível com os componentes físicos dentro dos trabalhos com bola", revelou.


"E qual o objetivo disso tudo? otimizar o tempo da preparação. É isolar o menos possível a condição física e tentar desenvolver isso no exercício com bola. Claro que existem demandas que temos que fazer de forma individualizada, como força e potência, mas sempre tentando introduzir dentro do trabalho em campo", completou.


No elenco do Netuno desde julho, Caio chegou juntamente com o técnico Thiago Carpini para integrar a comissão técnica do Água Santa. A primeira competição comandando a preparação física do clube foi a Copa Paulista, e o Paulistão será o segundo e principal torneio que a comissão vai disputar. Na visão do especialista, o processo foi satisfatório:


"Entendemos que foi satisfatório. Todos (elenco) estão num bom nível e em condições para iniciar a competição. Uma coisa importante é dar situação de jogo, e conseguimos fazer isso. Por mais que você avalie e treine, só conseguimos criar essa "resistência" jogando. Então marcamos cerca de cinco amistosos. Dentro disso, todos os atletas do elenco tiveram pelo menos três situações de jogo, de 30 a 60 minutos" revelou.


Para Caio Gilli, o saldo final foi muito positivo e o elenco chegou quase a sua homogeneidade. Com o físico em dia, o Água Santa agora volta todas as atenções a Ferroviária, adversária na estreia do Campeonato Paulista 2023. O jogo será neste domingo (15), às 11h, na Arena Inamar. Os ingressos para partida já estão disponíveis no site jogapro.com/aguasanta ou nas bilheterias do Estádio.


Comments


  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social
bottom of page