Oliveira aponta evolução nos treinamentos e alerta sobre a maratona de jogos “sequência difícil"


Foto: (Michael Sanches / Água Santa)

Um dos destaques do Netuno na série A-2 do Campeonato Paulista, o goleiro Oliveira, de 39 anos, sofreu uma lesão no músculo reto femoral durante a vitória sobre a Portuguesa, por 3 a 0, e acabou ficando de fora da equipe nas últimas rodadas da competição.


Agora, 100% recuperado e treinando com o restante do grupo, o experiente goleiro está focado em voltar à sua melhor forma física para ajudar o clube.


“Não gosto de ficar parado. A minha vontade é de sempre estar à disposição para ajudar o clube a vencer e conquistar os objetivos. Agora, já recuperado, estou focado nos treinamentos para voltar a ajudar os meus companheiros,”


Oliveira ainda comentou sobre o bom momento do sistema defensivo do Netuno, que ainda não sofreu gols na série A-2.


“O mérito é de toda a equipe. A humildade em reconhecer que todos tem que se doar em prol do coletivo é fundamental. Quando falamos da defesa, não é só aquela linha de quatro jogadores. Tem também o ataque, porque a defesa começa lá. Todo o time participa desse momento, assim como também tivemos defensores participando do setor ofensivo, como o Helder e Luís Ricardo,”


Sobre a paralisação, o goleiro foi enfático ao relembrar situação semelhante que viveu na última temporada, quando ainda defendia o Novorizontino.


“Vivemos uma situação similar, porém com algumas diferenças. Não podíamos realizar treinamentos e perdemos grande parte do elenco. Já no Água Santa, a paralisação está sendo importante para que possamos ajustar e evoluir em alguns detalhes da equipe, além de termos conseguido recuperar clinicamente e fisicamente alguns atletas,”


O goleiro também alertou os companheiros sobre a dificuldade da maratona de jogos e acredita que os companheiros estão preparados.


“Nós temos um grupo muito qualificado e quando foi preciso fazer mudanças, conseguimos manter o desempenho. Teremos uma sequência muito difícil, mas acredito que todos os atletas estão preparados e prontos taticamente para suprir a necessidade da comissão técnica,” concluiu Oliveira.


Sem previsão de retorno, Água Santa e XV de Piracicaba aguarda a definição do Ministério Público, Governo do Estado de São Paulo e Federação Paulista de Futebol sobre as novas datas, locais e horário dos jogos da série A-2.

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Instagram ícone social